Sem categoria

Cidade mineira investe em pagamentos com Bitcoin

Nem sempre a gente anda com dinheiro físico no bolso. As moedas na carteira podem ser bem desconfortáveis e todo mundo que já passou um cartão de débito ou crédito sabe como é ter um mini ataque cardíaco enquanto a maquininha mostra “processando” na tela.

Dentre essas inúmeras possibilidades de pagamentos que temos hoje, há mais uma, que são com criptomoedas. Essa modalidade não só é mais rápida como bem mais segura – aqui no blog já traçamos um comparativo com os sistemas de Visa e MasterCard.

Pagar com Bitcoin é uma tendência mundial e milhões de empresas já prestam esse tipo de serviço. No Brasil, os passos ainda estão lentos, mas, pode acreditar, tem muita loja, pousada, transpor público e até barraquinha de praia aceitando a criptomoeda.

O varejo de Juiz de Fora (MG) olhou para o Bitcoin e falou “gostei da ideia, rapaziada”. Foi lá e investiu para trazer a tecnologia ao setor. Segundo uma matéria da MGTV, afiliada da Rede Globo na região, empresas, como academias, bares e restaurantes estão aplicando a modalidade em seus estabelecimentos.

Uma delas, de acordo com a reportagem, é Roberta Braz. Ela é dona de um estúdio de pilates na cidade. A irmã Talita, que tem Bitcoins desde 2016, convenceu Roberta a receber as mensalidades com criptomoedas. Uma das principais resistências, no começo, foi achar que a adesão seria muito baixa.

“Fiquei preocupada com a facilidade. Porquê para abrir uma conta você não precisa pagar nada, você abre a conta, baixa o aplicativo e as transações são gratuitas. Então estavam me oferecendo um serviço totalmente gratuito e eu ainda ia ganhar com isso. Essa foi minha maior preocupação”, comentou Roberta.

Um analista do SEBRAE, Tarcísio Fagundes, disse ao MGTV que há muitas vantagens nessa forma de pagamento. “A partir do momento que você ganha tempo e tem uma moeda virtual, que ao mesmo tempo é um investimento para a pessoa física, o comerciante vai querer trabalhar com essa moeda”.

Para quem quer apenas oferecer uma forma de pagamento, o Bitcoin também é solução. Victor Fernandes de Almeida, gerente de um restaurante, contou que consegue resgatar no mesmo dia o valor pago pelo cliente.

Essa implementação tende a aumentar cada vez mais no país, conforme o setor varejista vai compreendendo os benefícios das criptomoedas. Recentemente, supermercados do Brasil se reuniram em um evento em São Paulo para discutir o uso das criptomoedas no setor. Quer conhecer mais sobre Bitcoin e outras moedas digitais, fique de olho em nosso Blog. Para comprar e vender seus ativos, acesse a exchange CashCode, com uma plataforma completa, intuitiva e segura! Tem alguma dúvida? Comenta aqui ou manda uma mensagem em uma das nossas redes sociais!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *